Muito nublado

Segunda | 19 Novembro

26C

30

25

A não perder < voltar

Angola lança este ano o primeiro Atlas sobre répteis e anfíbios do país

13/01/2016 | Fonte: Lusa

Angola vai lançar este ano o seu primeiro Atlas Herpetofauna, sobre o conjunto de répteis e anfíbios existentes no país, trabalho que já se encontra em fase de revisão para publicação. A informação foi avançada pelo director do Instituto Nacional da Biodiversidade e Áreas de Conservação (INBAC), do Ministério do Ambiente de Angola, Ábias Huong.

Citado pela agência noticiosa angolana, Angop, o responsável disse que o Atlas, que contém informações sobre os locais, espécies de répteis e anfíbios catalogados e georreferenciados até ao momento, incluindo os registados na época colonial, foi elaborado com o apoio de especialistas do Museu de História Natural de Portugal e da Califórnia Academy of Science (CAS).

Segundo Ábias Huongo, até ao momento estima-se que existam em Angola cerca de 110 espécies anfíbias - sapos e rãs - e 300 répteis - tartarugas, crocodilos, serpentes e lagartos.

Na passada quinta-feira, o Ministério do Ambiente angolano anunciou a descoberta do lagarto-espinhoso-do-Kaokveld (Cordylus namakuiyus), endémico da província angolana do Namibe, que habita os conglomerados rochosos espalhados pelas zonas semidesérticas daquela região.

Este tipo de lagarto foi descoberto em 2013 durante expedição conjunta do INBAC e da CAS, que envolveu uma equipa de cientistas angolanos, portugueses, britânicos e sul-africanos.

Ábias Huongo disse que até 2018 estão programadas mais seis expedições para a descoberta de novas espécies destes dois grupos.
Para ainda este mês, informou aquele responsável, está previsto o lançamento do Atlas Herpetofauna do Parque Nacional de Cangandala, na província de Malange, norte de Angola.



Comentários