Céu limpo com poucas nuvens

Terça | 18 Setembro

26C

27

21

A não perder < voltar

Luanda recebe grande prova de vinhos portugueses

06/07/2015 | Fonte: www.sapo.ao| Ana Kavungu

Num ambiente descontraído e de requinte, o complexo Paz Flor, em Luanda, albergou a grande prova de vinhos de Portugal, na última sexta-feira (3 de Julho), onde reuniu profissionais do sector e os convidados que conheceram e degustaram os melhores vinhos portugueses.

Os vinhos portugueses continuam a liderar as vendas de vinho engarrafado em Angola e a recolher o amplo reconhecimento internacional pela sua qualidade e diversidade. Este evento surge para celebrar o bom momento dos vinhos lusos e como uma aposta na consolidação da relação que o país tem com os vinhos de Portugal.

Segundo a Embaixadora da marca Adega Mayor, Bárbara Quiroga, objectivo da organização é apresentar as suas principais marcas, como Caiado na versão branca, Adega Mayor, Monte Mayor, Reserva Comendador e Vinho Tinto Regional 8.

Com um total de 32 mesas, com aproximadamente 290 vinhos em prova e 52 produtores, estiveram presentes as principais marcas de vinhos portugueses representadas e comercializadas em Angola. Foram apreciados por um público de profissionais, importadores e distribuidores a par do consumidor final.

Com uma excelência de aceitação junto do mercado nacional e internacional, os vinhos portugueses têm assinalado um crescimento significativo e um sustentado aumento de vendas.

A aposta no mercado Angolano

Em Angola a primeira cidade a acolher a "Grande Prova de Vinhos de Portugal", foi o Aparthotel Mil Cidades, na província de Benguela no passado dia (3 de Junho), que contou com 24 mesas, 44 produtores e cerca de 215 vinhos em degustação.

A Vini Portugal responsável pela organização pretende continuar expandir o sector de vinhos portugueses a nível territorial e o resultado superou as expectativas dos responsáveis. “Para uma cidade descentralizada em Angola, foi um evento com muita aderência e é uma grande satisfação saber que as pessoas já conhecem as outras nossas marcas", afirmou a representante Bárbara Quiroga.

Segundo os dados estatísticos, a cidade de Luanda é o maior centro de consumo de vinhos portugueses.

Em 2014 o país importou 62,5 milhões de litros de vinhos lusos, no valor de 105 milhões USD, representativos de um aumento de 1,9 por cento em relação a 2013, colocando Portugal no topo dos fornecedores de vinho, do nosso país.

A França é o segundo maior fornecedor de vinhos, para Angola, com 13 milhões USD e a África do Sul com 12,3 milhões USD.

Segundo Bárbara Quiroga, “Angola recebe cerca dos 80 porcento das nossas marcas, é o nosso principal comprador.”

E para ser um bom apreciador e degustador de vinhos Bárbara deixou alguns requisitos básicos: "Gostar do vinho, e saber qual é o nosso tipo de vinho favorito, se é tinto ou branco. Avaliar se está limpo e pronto para o consumo, saber sentir o aroma, conhecer as percentagens ou graus e acompanhar com um bom queijo.”

Comentários