Céu limpo com poucas nuvens

Quarta | 23 Maio

26C

29

21

A não perder < voltar

OMA realiza festival de Gastronomia

22/02/2016 | Fonte: www.sapo.ao| Angop

Um festival de gastronomia com o objectivo de promover o empreendedorismo no seio das mulheres foi realizado domingo, em Luanda, pela Organização da Mulher Angolana (OMA).

Na abertura, a secretária executiva nacional da OMA, Luísa Damião, referiu que o festival representa uma clara demonstração de que a gastronomia nacional é um meio de identificação de um povo, pois através dela se torna possível conhecer a história, a identidade, os hábitos e costumes deste povo.

Referiu que o mesmo constitui também momento de reflexão sobre a necessidade de cimentar cada vez mais a unidade, a amizade e a fraternidade bem como o espírito de solidariedade e o sentimento do amor ao próximo.

A família deve continuar a partilhar ideias, anseios e aspirações ciente de que a cultura fortalece a nação, disse a responsável .

Sublinhou que, com a realização deste festival num ano bastante difícil para a economia angolana, a OMA deve continuar a desenvolver um papel importante junto da massa militante e das mulheres em geral na promoção de acções de esclarecimento sobre a situação económica e financeira do país, decorrente da baixa do preço do petróleo no mercado internacional.

Devemos continuar a trabalhar na sensibilização das mulheres para que estas desenvolvam projectos inovadores que contribuam para a diversificação da economia nacional e promovam o empreendedorismo no seu seio, referiu Luísa Damião.

Por outro lado, esclareceu que o turismo em Angola constitui também uma fonte de diversificação da nossa economia.

A secretária executiva da OMA aproveitou a ocasião para apelar a mobilização de todas as mulheres em torno das tarefas que antecedem ao 6 º Congresso da OMA para se puder atingir o sucesso esperado.

O festival que congregou mulheres de vários extractos sociais foi realizado no âmbito do 6º Congresso da OMA a decorrer de 2 a 5 de Março próximo e contou com a participação as 18 províncias do país.

Comentários