Muito nublado

Domingo | 23 Julho

21C

24

19

Curiosidades < voltar

Santorini: A ilha de todos os amores

26/04/2016 | Fonte: www.sapo.ao/ Nova Gazeta

Há lugares que combinam beleza natural e charme arquitectónico em doses tão precisas e até surpreendentes que é difícil acreditar que realmente existam. Um desses exemplos é Santorini, a mais célebre das ilhas gregas e considerada uma das mais belas do mundo.

A ilha inspira gente apaixonada, é destino muito procurado por quem faz lua-de-mel, é local de relaxe, tem sido palco de diferentes filmes, românticos, claro, e policiais e até deu a oportunidade a um realizador de filmes de animação ganhar um Óscar.

Ganhou o nome graças a uma santa. Foi baptizada de Santa Irene, no século 13. É também conhecida como Kalliste ‘a mais bonita de todas’. O cenário é composto por casinhas de um branco imaculado com tectos pintados de azul anil, construídas num penhasco de cerca de 300 metros de altura com vista para uma lagoa de água salgada formada por uma erupção vulcânica. O lugar oferece a possibilidade de ver um deslumbrante pôr-do-sol.

A capital de Santorini é Thera (ou Fira) e o principal centro turístico é um autêntico labirinto de ruas pintadas de branco. Aqui pode deliciar-se com os incríveis doces gregos, como as baklavas e os folhados com pistácios, nozes, amêndoas e uma calda de mel. A cidade mais bonita é Oía, no extremo norte da ilha, com um cenário mágico, principalmente durante o pôr-do-sol, quando as casas, todas coloridas, ficam banhadas por uma aura alaranjada. A vista é absolutamente inesquecível, parece uma cidade retirada de um cenário de cinema: casas brancas, escadas, buganvílias de todas as cores e igrejas de cúpula azul emolduradas por um mar deslumbrante.


Existem vários locais para se visitar em Santorini, como a catedral ortodoxa originalmente construída em 1827. O interior é ricamente ornamentado com ícones pintados pelo artista grego Christoforos Assimis.

O museu arqueológico tem um acervo constituído por estátuas que datam do período arcaico até ao romano. O museu pré-histórico de Thira exibe uma colecção de peças que apresentam a arte e o quotidiano dos habitantes de Santorini desde o período Neolítico, com as peças mais antigas que datam de mais de três mil anos a. C.

Como ir

Não há voos directos de Luanda para a Ilha de Santorini. A solução passa, por exemplo, por fazer escala em Lisboa e seguir para a capital da Grécia, Atenas. De Atenas para a ilha, a viagem pode ser feita pelo mar.

Onde ficar

Existem várias opções de hospedagem em Santorini. Para apreciar a beleza da ilha, o local ideal é o Canavies Oia Hotel. Um lugar moderno, sofisticado e luxuoso.

O que comer

Entre os pratos típicos da ilha, destacam-se as favas secas com cebolas tostadas, a moussaka, as saladas gregas com tomate-cereja, queijo feta e muito peixe e legumes. Os tomates são muito usados. As beringelas brancas são outro produto típico da região, que podem ser cozidas com carne de cordeiro e tomate-cereja.

Comentários