Nublado

Domingo | 27 Setembro

31C

32

25

Descubra o País < voltar

Máscaras e esculturas

Para lá da arte e da estética

24/03/2009 | Fonte: Por Mayra Prata Fernandes

A arte da máscara azul de Angola, as máscaras de madeira e as esculturas não são criações meramente estéticas, tal como na maioria da arte africana.

Elas têm um papel importante em rituais culturais, representando a vida e a morte, a passagem da infância à vida adulta, a celebração de uma nova colheita e o começo da estação da caça.

Os artesãos angolanos trabalham madeira, bronze e marfim, nas máscaras ou em esculturas. Cada grupo etno-linguístico em Angola tem os seus próprios traços artísticos originais. 

O pensador de Tchokwe é provavelmente a peça de arte mais famosa das criações angolanas, uma obra-prima da harmonia e simetria da linha.

O Lunda-Tchokwe na parte nordeste de Angola é conhecido também por suas artes plásticas superiores.

Outras partes da assinatura de arte angolana incluem: a máscara fêmea Mwana-Pwo desgastada pelos dançarinos masculinos em seus rituais de puberdade; as máscaras poli-cromáticas de Kalelwa usadas durante cerimónias de circuncisão; as máscaras de Cikungu e de Cihongo que conjure acima das imagens da mitologia de Lunda-Tchokwe. Duas figuras chaves neste panteão são a princesa Lweji e o príncipe da civilização Tschibinda-Ilunga.

Também devemos referir a arte em cerâmica preta de Moxico do centro/leste de Angola. Enquanto as máscaras e as estátuas de madeira da África cresceram na popularidade no oeste, a indústria do artesanato em Angola procurou atender a demanda por arte africana. Um dos maiores mercados de artesanato em Angola é o mercado de Futungo, logo ao sul de Luanda.

É o centro principal do comércio de artesanato para turistas e expatriados. O mercado está aberto somente aos domingos. A maioria dos comerciantes do artesanato são Kikongo, embora os artesãos mesmos granizem de muitos grupos etno-linguísticos diferentes.

Futungo tem também a vantagem adicionada de ser perto das praias bonitas ao sul de Luanda, onde muitos dos residentes de Luanda gastam seus fins de semana apreciando o sol e a areia da baía de Mussulo.

Um passeio ao mercado de Futungo pode ser uma aventura.

Os comerciantes frequentemente arranjam músicos com instrumentos tradicionais, tais como os marimbas e os kissanges, xingufos (chifres grandes do antílope) e cilindros para dar a sensação de um festival da vila.

Os homens vestidos como guerreiros, a roupa desgastando das peles do antílope e do puma, os colares dos escudos e os chocalhos em seus tornozelos, adicionam ao sabor local do mercado.

Em Angola existem várias línguas nacionais, como Quicongo, Kimbundo, Umbundo, Ganguela, Lunda-Tchokwe, Ibinda, entre muitas outras. No que se refere à religião consideram-se três divisões: Católica, Evangélicas e crenças tradicionais.

©www.sapo.ao

Comentários