Pouco nublado

Quinta | 20 Setembro

22C

28

22

Descubra o País < voltar

Quer praticar tiro ao alvo?

Venha ao Clube dos Caçadores

28/07/2011 | Fonte: Por Mariana Rodrigues

Fotos

  • Quer praticar tiro ao alvo?
  • Quer praticar tiro ao alvo?
  • Quer praticar tiro ao alvo?
  • Quer praticar tiro ao alvo?

Quer praticar tiro ao alvo?1 de 4

O tiro é uma modalidade olímpica ainda com poucos adeptos angolanos. Provavelmente por falta de informação ou por ser bastante dispendioso quando o assunto é adquirir o material necessário para a sua prática.

Apesar deste facto, Angola foi representada pelos naturais da Huíla Paulo Gue e Paulo Silva, actual campeão Pan Africano, nas olimpíadas de Sidney na Austrália e em Los Angels nos Estados Unidos da América.

Em Luanda pode-se praticar esta actividade desportiva no Clube dos Caçadores, a partir dos 14 anos de idade, e ela está dividida em três classes: dos 14 aos 20 anos, classe júnior, dos 20 aos 60 anos, classe sénior e dos 60 para cima são os veteranos. 

As armas utilizadas são caçadeiras de calibre 12 de dois tiros. Para as adquirir será preciso mesmo abrir a carteira, pois elas custam entre 1.500 e 2.000 euros no mínimo, e cartuchos de duas balas têm o preço de nove dólares americanos. Cada atleta tem que ter licença para o uso da sua arma e o próprio Clube pode ajudar a tratar para facilitar as coisas.

Quanto aos pratos, cada prancha fica por 6 dólares, e o atleta tem direito a 25 pratos. A prancha é um conjunto de 15 máquinas que lançam os pratos quando o atleta faz o chamamento através dum microfone. O objectivo deste desporto é partir o máximo de pratos possíveis para se obter a maior pontuação.

“O tiro é uma prática que requer uma boa condição física e muita concentração”, revelou Humberto Jorge, secretário-geral da federação angolana de tiro.

“É uma actividade ao ar livre e os atletas passam várias horas de baixo do sol. Para aqueles que não têm a licença para o uso da caçadeira é só dirigirem-se ao clube que nós ajudamos a obtê-la na polícia nacional”, acrescentou.

“Há muitos jovens que têm dificuldades para adquirir o material por causa dos elevados custos. Temos consciência disso, mas o comité olímpico quando vê que alguém com jeito para a modalidade investe nessa pessoa. Estamos a pensar em algumas alternativas para este assunto, mas de momento esta é a realidade. Este desporto é mesmo um bocado caro”, disse Humberto.

Quem pratica o tiro ao alvo afirma que este traz vantagens significativas. Além de aumentar imenso a capacidade de concentração, é também, para muitos amantes desta modalidade, uma maneira de auto-defesa aprender a manusear uma arma.

© www.sapo.ao

Outras informações

O espaço está aberto de quinta a domingo e feriados, a partir das 10h00 até as 17h30.

A prancha pode ser utilizada por qualquer pessoa desde que se faça acompanhar do seu material e licença da arma.

Contactos

Morada
Clube 1º de Agosto - Miramar - Luanda

Contactos
Humberto Jorge
Tlf: 923 601 339

Comentários