Nublado

Domingo | 8 Dezembro

31C

32

25

Descubra o País < voltar

Misinga Hotel

10/04/2014 | Fonte: © Luanda Nightlife

Fotos

Fotos: © Luanda Nightlife

Fotos

  • © Luanda Nightlife
  • © Luanda Nightlife
  • © Luanda Nightlife
  • © Luanda Nightlife
  • © Luanda Nightlife
  • © Luanda Nightlife
  • © Luanda Nightlife
  • © Luanda Nightlife
  • © Luanda Nightlife
  • © Luanda Nightlife
  • © Luanda Nightlife
  • © Luanda Nightlife
  • © Luanda Nightlife
  • © Luanda Nightlife
  • © Luanda Nightlife
  • © Luanda Nightlife
  • © Luanda Nightlife
  • © Luanda Nightlife
  • © Luanda Nightlife
  • © Luanda Nightlife
  • © Luanda Nightlife
  • © Luanda Nightlife
  • © Luanda Nightlife
  • © Luanda Nightlife

© Luanda Nightlife1 de 24

Seja de carro ou de avião, a viagem para Benguela é tranquila. De carro são 5-6 horas de lindas paisagens variadas, desde o verde carregado do Kuanza-Sul ao cartão postal que é a descida para a cidade do Sumbe e as terras áridas mais adentro de Benguela. Talvez pensará porque é que 5 milhões de pessoas escolheram apertar-se em Luanda.

De avião são 45 minutos de voo, terminados depois de um abrir e fechar de olhos, ou vários artigos numa revista interessante ou ainda uns pequenos capítulos no seu livro de viagem. Se aterrar no aeroporto de Benguela, está com sorte – o seu destino final é uma curtíssima viagem de carro. Se aterrar no Aeoroporto de Catumbela também está com sorte porque acaba de chegar a um dos mais modernos aeroportos de Angola e na viagem de cerca de 20 minutos ao centro da cidade passará o Estádio Nacional de Ombaka, palco de alguns jogos durante o CAN 2010.

Uma curva aqui e outra acolá e estará no centro de Benguela, cidade pacata, de uma vivência sem caos e de uma incrível simpatia, onde os carros ainda param na passadeira para o deixar atravessar e os níveis de stress são nitidamente inferiores a Luanda. Curvamos na Rua 31 de Janeiro, uma das principais artérias de Benguela, e em nossa frente, ao lado da igreja adventista, está uma das estruturas mais modernas da cidade.

O Hotel está localizado na Rua 31 de Janeiro, a mesma rua que o Hospital Geral de Benguela e mesmo ao lado da Igreja Adventista. É fácil de encontrar e com estas duas referências qualquer taxi o leva até lá.

O Misinga é um hotel pequeno – pense nele mais como uma base para viagens de fim de semana do que propriamente um destino em si. Não tem piscina, por exemplo, mas os essenciais estão todos lá: internet wireless, sala de conferências, uma sala de estar no lobby e um pequeno mas acolhedor restaurante que serve três refeições por dia a horas marcadas mas tem um chefe disponível durante todo dia, mesmo fora de horas. A estrutura de dois andares e o anexo albergam 30 quartos.

A decoração um tanto quanto discreta mas elegante do Hotel chamará a sua atenção quando lá entrar. Este padrão de decoração, bem com o bom gosto ali empregue, ainda é incomum nos vários hotéis de Benguela e mesmo nos hotéis independentes de Luanda. Sendo este um hotel pequeno, o uso do espaço é bastante importante, e o hóspede sente que a gerência levou isto em conta. No lobby, predomina o espaço aberto e não se ergueram paredes desnecessariamente. Por exemplo, quando entrar para o hotel terá uma linha directa de visão até ao restaurante no extremo oposto da sala.

Após a nossa chegada, o processo do check-in demorou, no máximo, uns míseros 5 minutos. Recebemos as chaves da recepcionista simpática e informativa e subimos as escadas até aos nossos quartos; se tende a ser esquecido, não se preocupe: o número do seu quarto está mesmo na chave.

Todos os quartos vêm equipados com flat-screen TV com pelo menos 10 canais, entre eles canais portugueses, brasileiros, angolanos, e sul-africanos, uma minúscula casa de banho sem banheira (só chuveiro), um guarda-fato, uma (ou duas) camas bastante confortáveis, um frigo-bar e uma pequena secretária.

Todos os quartos vêm equipados com flat-screen TV com pelo menos 10 canais, entre eles canais portugueses, brasileiros, angolanos, e sul-africanos, uma minúscula casa de banho sem banheira (só chuveiro), um guarda-fato, uma (ou duas) camas bastante confortáveis, um frigo-bar e uma pequena secretária.

Os quartos premium têm muito mais estilo que os quartos standard, com uma elegância e um design mais apurado, bem como uma melhor qualidade de mobília. Aliás, a qualidade do sono é testamento disso. Até os quadros na parede são mais sofisticados. Sendo premium, isto é de se esperar.

Os quarto premium vermelho e o quarto premium preto são os mais invulgares – a cor preta não é normalmente usada para a decoração de quartos em hotéis, mas neste caso foi muito bem concebido, impondo um ar audaz e masculino. Já o quarto vermelho é dos mais pequenos dos quartos premium, mas talvez o mais romântico. Compensa o seu tamanho com uma chaise lounge e uma localização um pouco mais silenciosa, já que está no canto do hotel e não tem varanda.

O quarto premium azul e o quarto premium cor bege, localizados no fundo de cada corredor, são os maiores quartos no Misinga e os nossos preferidos. Espaçosos, luminosos e arejados, concebidos com elevado bom gosto, exibem um design interior minimalista e moderno. As camas são oferecem conforto e a secretária é maior do que em todos os outros quartos; a iluminação é mais sexy e os quartos ainda têm uma pequena mesa com duas cadeiras de leitura para o hóspede perder-se num bom livro.

Infelizmente todas as casas de banho são do mesmo tamanho e achamos que são muito pequenas, principalmente para os quartos premium.

Higíene
Não temos qualquer queixa neste departamento. Os quartos estavam limpos quando lá chegamos e sempre depois de passarmos o dia fora a apreciarmos a serenidade e vivência única que a cidade de Benguela oferece, regressávamos para quartos invariavelmente bem arrumados.

Atendimento
Desde o momento em que chegamos até ao nosso check-out, o atendimento foi muito bem conseguido. Saiu à noite e está com um pouco de fome? A cozinheira fará algo para si no restaurante. Precisa de informação sobre um restaurante lá perto? Pergunte ao recepcionista. Precisa de boleia até ao aeroporto? A gerência informou-nos que em breve o hotel beneficiará de um van para transportar os hóspedes dos aeroportos de Catumbela e Benguela para o Misinga e vice-versa. Num país aonde o atendimento hoteleiro ainda deixa muito a desejar, o atendimento no Misinga é uma lufada de ar fresco.

Comida e Bebida
O Misinga Hotel dispõe de um pequeno restaurante no lobby, a cargo de duas chefs e alguns empregados de mesa. Por causa do número elevado de bons restaurantes bem próximos do Hotel (Tudo na Brasa, Benamor, Cervejaria Fininho, A Grelha), optamos por fazer as nossas refeições fora. Contudo, tivemos oportunidade de provar o buffet do pequeno almoço, onde os hóspedes podem escolher entre ovos, salsichas, fruta, cereais, café, chá, omeletes feitos a seu gosto, entre outras opções.

No menu do almoço e jantar predomina a cozinha luso-angolana. Não deixamos de reparar que este é dos poucos hotéis na cidade com uma robusta lista de vinhos portugueses. O bar é igualmente bem preenchido, e uma equipa experiente de barmen terá todo o prazer em servir-lhe a cocktail que desejar.

A reter

Design moderno, mobília de alta qualidade (especialmente nos quartos premium);
Excelente relação preço-qualidade quando comparado com a concorrência em Benguela;
Atendimento acima da média desde o recepcionista à empregada de limpeza.

A melhorar

Tente obter um quarto com um número ímpar, já que o hotel e os quartos de número par estão mesmo ao lado da Igreja; No domingo, será acordado pelos cânticos da congregação.
Hospedes que gostam de hotéis com piscina, spa, e outro tipo de serviços saíram daqui desapontados, já que o hotel não oferece nada disso.

Porque voltaríamos
Voltaríamos ao Misinga num piscar de olhos pelo seu conforto, excelente atendimento, localização central, e design moderno.

Informações úteis


Relação Preço-Qualidade
Quando lá fomos, os quartos standard custavam 18.000kz/noite e os quartos premium, 30.000kz/noite. Quando comparado com outros hotéis tanto em Benguela como no Lobito, e tendo em conta o nível de atendimento, atenção ao detalhe, qualidade da comida, design de interiores e modernidade, achamos que o Misinga apresenta uma boa relação preço-qualidade.

Nightly Rate: Standard Room: $180 | Premium Room: $300

Contactos

Morada
Rua 31 de Janeiro, ao lado da Igreja Adventista - Benguela

Contactos

Tlf: +244 222 238 463, 464, 465, 466

Comentários