Nublado

Sexta | 14 Dezembro

31C

32

25

Descubra o País < voltar

Moxico: Um ‘gigante’ a nascer do leste

27/02/2015 | Fonte: Nova Gazeta

O Moxico, com clima tropical húmido, oferece aos visitantes inúmeros encontros com a natureza, através das reservas florestais e do rio Luau. É a maior província de Angola e caracteriza-se também pela prática da pesca artesanal, bem como pela produção pecuária e agrícola.

No Luena, a capital, que também já se chamou Vila Luso, existem basicamente seis grupos étnicos: tchokwe, luvale, umbundo, bundos, luchazes e lunda dembo, sendo também tchokwe a língua local. Obtido a partir das flores de árvores como o mussixi e a muvuca, o mel desta região é famoso pelas propriedades medicinais e por ‘inspirar’ bebidas caseiras.

A paisagem, com as famosas ‘chanas do leste’, serve de ‘morada’ a animais como palancas, gnus, leões, onças, leopardos, hienas, búfalos, songues, javalis, raposas, elefantes, gazelas, cabras e rinocerontes.

O nome da província provém de ‘muxico’, expressão que descreve uma espécie de cesto ou mochila tradicional usada pelos antepassados no transporte de armas, durante a luta de resistência à ocupação colonial portuguesa.

Segundo maior pólo de desenvolvimento económico da província, Luau assume-se cada vez mais como referência do Moxico e do leste do país. Na semana passada, o município viu serem inauguradas uma estação ferroviária e reabilitada parte da linha férrea, além de uma ponte transfronteiriça sobre o rio Luau, que liga Angola à República Democrática do Congo (RDC).

O Parque Nacional da Cameia e as quedas do rio Luizavo são as outras atracções com que Moxico brinda quem o visita. As festas da cidade acontecem em Setembro, sendo da Mukanda (circuncisão) um dos principais rituais.

As suas fronteiras são vastas: Lunda-Sul no norte; Kuando-Kubango no sul e República Democrática do Congo (RDC) no nordeste, estando o leste e sudeste com a Zâmbia, enquanto o oeste ‘fica’ com o Bié.

Como ir

Os aeroportos do Luena e do Luau recebem aeronaves de grande porte. Existem ainda aeroportos para pequenas aeronaves no Cazombo e Lumbala Nguimbo. A TAAG tem voos diários Luanda/Moxico. É possível também o acesso por via terrestre, através de autocarros da Macon.

Onde ficar

Os hotéis Kandamba e Kawissa, ambos situados no centro da cidade, oferecem serviços a quem procura bem-estar, comodidade e conforto. Com piscinas, serviços de quarto e estacionamentos privados, estas unidades têm sido algumas das preferências de quem vai ao Moxico tratar de negócios ou apreciar os encantos da natureza.

O que comer

Um dos pratos típicos do Moxico são cogumelos frescos ou secos com funje de bombó, embora a carne seca também entre na ‘lista’ dos pratos mais apreciados.

Comentários