Céu limpo com poucas nuvens

Terça | 19 Junho

25C

26

21

Viva Angola < voltar

História de Angola

Hoje, potência regional na África Austral

27/07/2012 | Fonte: Por Hugo Maduro

Estudos de investigadores franceses provaram que esta região africana é habitada desde a pré-história. Mas foi no século XV que se começaram a escrever com mais pormenor as linhas do desenvolvimento deste país.

O português Diogo Cão navegou até ao território que hoje é Angola. A data da chegada não é consensual: há historiadores que defendem que terá sido em 1482 e outros que afirmam que foi em 1484.

A primeira medida dos portugueses foi estabelecer uma aliança com o Reino do Congo, que dominava toda a região. A Sul deste reino existiam também o Reino de Ndongo e o Reino de Matamba, que depois viriam a fundir-se, para dar origem ao Reino de Angola, em 1559.

Paulo Dias de Novais foi o primeiro Governador de Angola. Novais procurou delimitar este vasto território e aproveitar os seus recursos naturais. Em 1576, São Paulo da Assunção de Luanda, a actual cidade de Luanda, foi fundada.

A guerra que parecia não ter fim

Já no século XX, no princípio dos anos 1960, três movimentos de libertação (UPA/FNLA, MPLA e UNITA) iniciaram uma luta armada contra o colonialismo português.

O Governo de Portugal, liderado por Salazar, recusou-se a dialogar com os líderes destas organizações e prosseguiu na defesa da colónia até ao limite. Centenas de milhares de soldados foram mobilizados para o combate.

Esta luta perdurou até ao dia 25 de Abril de 1974, altura em que o regime ditatorial português foi derrubado pela "Revolução dos Cravos". A independência de Angola, em 1975, não acabou com a guerra, que ganhou contornos internacionais, já que os três movimentos eram apoiados por potências estrangeiras, como a Rússia, Cuba, África do Sul, Zaire, China, EUA e Inglaterra.

Apesar da declaração de independência, o conflito interno durou até ao princípio dos anos 1990. No final de Abril desse ano, o Governo angolano anunciou que iria retomar os contactos directos com a UNITA, partido opositor do MPLA. No mês seguinte, a UNITA reconhecia oficialmente José Eduardo dos Santos como Chefe de Estado angolano. A queda da União Soviética, que apoiava o MPLA, acelerou o processo de democratização em Angola e, em Maio de 1991, o governo publicou uma lei que autorizava a criação de novos partidos, pondo fim ao monopartidarismo.

Desde que começou a pacificação do território angolano que os índices de desenvolvimento deste país têm vindo a aumentar. A paz trouxe a Angola as condições que lhe permitem ter actualmente o estatuto de potência regional na África Austral.

Feriados Nacionais

Dia 4 de Janeiro 

Dia dos Martires da Repressão Colonial

Esta data foi retida em homenagem aos milhares de angolanos massacrados na região de Baixa Cassanje, depois uma justa revolta de algodeiros desta zona.

Dia 8 de Janeiro

Dia Nacional na Cultura

A data foi instituída m 1986 em referência ao importante discurso pronunciado pelo primeiro Presidente Angolano, o poeta António Agostinho Neto, em 1976, em Luanda, na tomada de posse dos corpos gerentes da União dos Escritores Angolanos. Esta alocução é conhecida como "Discurso sobre a Cultura Nacional".

Dia 25 de Janeiro

Dia da Cidade de Luanda

Jornada não feriada, marca a criação no dia 25 de Janeiro de 1575, no Reino do Ndongo conquistado e ocupado, do centro esclavagista de São Paulo de Loanda, capital da Colónia de Angola.

Dia 4 de Fevereiro

Aniversário do inicio da luta de libertação nacional

É lembrado, nesta data, os corajosos ataques à principal cadeia de Luanda por um grupo de nacionalistas a fim de libertar dezenas de independentistas que estavam aí, presos.

Dia 4 de Abril

Dia da Paz e da Reconciliação Nacional

Celebra-se nesta data a assinatura, em 2002, em Luanda, do Memorando do Entendimento Complementar ao protocolo de Lusaka que veio por fim ao longo conflito que assolou Angola.

Dia 25 Maio

Dia de África

É ccelebrado, nesta Jornada, a data da assinatura dos acordos de criação, em 1963, em Addis Abeba, na Etiópia, da Organização da Unidade Africana, hoje União Africana.

Dia 17 de Setembro

Dia do Herói Nacional

Esta efeméride é observada em homenagem ao Presidente António Agostinho Neto, nascido nesta data, em 1922.

Dia 11 de Novembro

Dia da Independência Nacional

A independência foi proclamada, nesta data, 1975.

Comentários